quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Todas As Magias e Bruxarias de Harry Potter - Parte Final


Depois de MUITO tempo sem sair uma postagem aqui no blog, hoje saiu a parte final das Magias de Harry Potter, que também estava MUITO atrasada, ultimamente tive pouco tempo para dedicar ao blog mas prometo que sempre que sobrar algum tempo vou postar algo legal aqui para vocês, Abraço!!!!

O Grimorium de Harry Potter




Aviso: Esta postagem contem revelações sobre o enredo (spoilers).

Depois de muito tempo de atraso voltamos com a segunda parte das adaptações sobre a Saga de Harry Potter, primeiramente vamos apresentar todos as Magias e Bruxarias, do mundo de Harry Potter.

Devido ao Grande Número de Material sobre as Magias vamos dividi-las em 3 Postagens. Algo que esqueci de escrever, nada deste material que estou postando aqui é 100 % completo pode ser que tenhamos algumas coisinhas incompletas, se você ver algo que não esteja de acordo com a série Harry Potter, por favo entre em contato comigo para eu corrigir (como fez nosso amigo Celso la nos comentários).

OBS:

Todas as magias apresentadas aqui, exigem a desvantagem fetiche para serem conjuradas, ou seja o personagem tem que ter a desvantagem Fetiche veja abaixo:

Fetiche (–1 ponto)

Você não pode fazer mágica sem um objeto especial que usa para canalizar seu poder. Pode ser uma varinha ou cajado para os magos, um amuleto sagrado para clérigos e paladinos, um instrumento musical para bardos, ou qualquer outro objeto. Se perder, deixar cair ou ficar sem esse objeto por algum motivo, você não vai poder usar mágica até recuperálo ou conseguir outro igual.

Sempre que você sofre dano, faça um teste de Habilidade: uma falha quer dizer que você deixa cair seu objeto mágico. Recuperá-lo demora um turno.

O fetiche não é um objeto raro: se perdê-lo você pode encontrar, comprar ou até improvisar outro facilmente. Usando um fetiche quebrado ou improvisado (por exemplo, um galho de árvore para substituir uma varinha), suas magias consomem duas vezes mais PMs.

A linguagem mágica do mundo de Harry Potter

Os verbetes abaixo incluem especulações sobre as possíveis etimologias das palavras mágicas do feitiços. É interessante ter em mente os limites dessas especulações ao lê-las. J.K. Rowling não é uma linguista e seu alvo é primeiramente contar uma boa história, não criar um sistema liguístico consistente. Assim, não se deve esperar que o uso de "linguagem mágica" nos livros seja inteiramente consistente. Pode-se especular sobre as possíveis origens dos vários termos e palavras mágicas dos feitiços, mas não se deve necessariamente esperar que os resultados sejam consistentes em com eles mesmos ou com a história de outros idiomas. Por esta razão, muitas vezes não há uma derivação "real" do Latim nas palavras mágicas, ou em qualquer outro termo mágico. Isso não significa que se deva parar de especular sobre eles, mas que deve-se lembrar que o mundo de Harry Potter é, antes de tudo, um mundo de uma boa história.




M

Me guie

Escola: Todas

Custo: 1PM

Alcance: Pessoal; Duração: instantânea

Pronúncia: Em ingles: point mi; em português: pronúncia normal

Descrição: Faz com que a varinha de quem realiza o feitiço aponte para o ponto cardeal norte, assim como uma bússola. Aponta somente para o norte.

Visto/Mencionado: Por Harry durante a terceira tarefa do Torneio Tribruxo em Harry Potter e o Calice de Fogo. Foi descoberto por Hermione Granger.


Meteolojinx Recanto

Escola: Elemental (Água)

Custo: 1PM

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronuncia: desconhecida

Descrição: Normaliza efeitos meteorológicos em lugares fechados.

Visto/Mencionado: Em Harry Potter e as Relíquias da Morte, Arthur Weasley sugere este feitiço para Rony, para fazer parar de chover no escritório de Yaxley.


Mobiliarbus

Escola: Elemental (Ar)

Custo: 1PM

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: Mow-BILL-ee-ARE-bus /mobɪˌliɑʴˈbʌs/

Descrição: Move árvores (Pode mover outras plantas também). 1 PM por m² de vegeteção movido.

Visto/Mencionado: Em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, Hermione Granger usa o feitiço para mover uma árvore de Natal no Cabeça de Javali para a frente da sua mesa para esconder Harry Potter que tinha que entrar escondido em Hogsmeade usando o Mapa do Maroto.

Etimologia: Do Latim mobilis, "móvel", e arbor, "árvore".


Mobilicorpus

Escola: Elemental (Ar)

Custo: 1PM por criatura

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: Mow-BILL-i-CORE-pus

Descrição: Levita e move corpos lentamente. Para negar o efeito Teste R+1.

Visto/Mencionado: Sirius Black usa o feitiço em Severus Snape em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban. Provavelmente usada por Lord Voldemort em Pedro Pettigrew(Rabicho) no cemitério para fazê-lo vir para frente.
Etimologia: Latim mobilis, "móvel" + corpus, "corpo"=Corpo Móvel.

Morsmordre

Escola: Negra

Custo: 1PM

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: Mors-MOR-dreh

Descrição: Conjura a Marca Negra.

Visto/Mencionado: Bartô Crouch Jr. em Harry Potter e o Cálice de Fogo. E também visto em Harry Potter e o Enigma do Príncipe fora do castelo, visto em Alvo Dumbledore. O feitiço foi aparentemente inventado por Lord Voldemort.

Etimologia: Latim mors, "morte", e mordere, que significa "morder"; com certeza isso é associado com o nome dos seguidores do Lorde Voldemort, os Comensais da Morte.Comensal é o mesmo que "pessoa que come".

N

Nox/Lumos

Escola: Elemental Fogo

Custo: 0 PMs

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: Noks /noks/

Descrição: Desfaz a luz produzida pelo feitiço Lumos.

Visto/mencionado: Em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, Harry Potter e Hermione Granger usaram esse feitiço para desfazer as luzes de suas varinhas na Casa dos Gritos.

Etimologia: Do latim, "nox" significa noite.

O

Obliteração

Escola: Elemental (Terra)

Custo: 1PM para cada 10 metros de pegadas removidas

Alcance: longo; Duração: Instantânea

Pronúncia: Desconhecido

Descrição: Remove pegadas.

Visto/Mencionado: Usado por Hermione Granger em Harry Potter e a Ordem da Fênix para remover pegadas que ela, Harry, e Rony deixou na neve.

Notas: Até o sexto livro só foi revelado que este feitiço pode remover pegadas. Não há nenhuma explicação de qual outro efeito este feitiço tem se for usado em outras coisas.

Obliviate

Escola:Elemental (Espírito), Branca, Negra

Custo: 1PM ou mais (veja adiante)

Alcance: longo; Duração: Permanente

Pronúncia: oh-BLIV-ee-AH-tay /oblɪˌviaˈte/

Descrição: Causa amnésia. Cada 1 PM usado apaga um dia da mente da pessoa, por 5 PMs pode-se apagar um ano, e por 10 PMs apaga-se 1d anos da mente da pessoa. Teste de R+1 para negar o efeito.

Visto/Mencionado: Foi usado pela primeira vez em Harry Potter e a Câmara Secreta por Gilderoy Lockhart em Harry e Rony; Quando Lockhart usou o feitiço usou a varinha de Rony que estava quebrada e soltava feitiços para o lado contrário, fazendo com que ele perdesse a maioria de sua própria memória, e também em Harry Potter e o Cálice de Fogo (Livro) quando o bruxo da entrada da Copa Mundial de Quadribol usa para apagar a memória de um trouxa na entrada do acampamento. Foi utilizada também por Hermione Granger em Antonio Dolohov em um café na rua Tottenham Court.

Etimologia: Do Latim oblivisci, "esquecer". Esse encanto é muito usado em Trouxas/Muggles que tenham visto alguma coisa do mundo bruxo.

Notas: Os funcionários do Ministério da Magia, responsáveis por modificar a memória dos Trouxas/Muggles são chamados Obliviadores. O encanto pode ser quebrado por uma mágica poderosa, ou pela dureza extrema, assim como Lord Voldemort torturou Bertha Jorkins para recordar detalhes que Bartolomeu Crouch a tinha forçado a esquecer utilizando o encanto.


Oclumência

Escola: Elemental (Espírito) Branca, Negra

Custo: 5 PM ou mais

Alcance: pessoal; Duração: Sustentável

Descrição: Usado para impedira alguem de entrar (ler a sua mente), o Bruxo recebe Resistência Extra para resistir a poderes telepáticos. Custos R+1 custo 5 PMs, R+2 custo 10 PMs, R+3 custo 15 PMs ( e assim sucessivamente com 1 para cara +5 PMs gastos).


Oppugno

Escola: Elemental (Espírito), Negra

Custo: 2 PM por criatura (veja adiante)

Alcance: longo; Duração: sustentável

Pronúncia: oh-PUG-no /ɒpʊˈgno/

Descrição: Aparentemente faz com que animais ou seres menos inteligentes ataquem. Todos os animais fazem um teste de Resistência se falharem atacam quem o Bruxo ordenar.

Visto/Mencionado: Por Hermione Granger em Harry Potter e o Enigma do Príncipe (livro), para atacar Rony Weasley com um grupo de canários que ela invocou. Os pássaros bicavam e arranhavam cada parte que conseguiam alcançar do rosto e braços do rapaz.
Etimologia: Do Latim oppugno, "Eu ataco".

Orchideous

Escola: Todas

Custo: 1PM

Alcance: longo; Duração: sustentável

Descrição: Feitiço que conjura flores.

P

Pack

Escola: Todas

Custo: 1PM por mala

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: Como no Inglês PA-ki /pæk/

Descrição: Arruma coisas, como por exemplo mala.

Visto/Mencionado: Em Harry Potter e a Ordem da Fênix, por Nymphadora Tonks, uma vez verbalmente e outra não verbalmente.

Notas: A delicadeza de arrumar as malas com este feitiço parece depender do desejo e da habilidade do feiticeiro.

Notas: É possível que "pack" não seja realmente um encantamento, e que Tonks estivesse terminando uma frase enquanto realizava um feitiço não verbal

Notas: Possivelente utilizado não verbalmente por Remus Lupin em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban para arrumar suas malas quando se demitur de seu cargo de Defesa contra as Artes das Trevas na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.

Peskipiksi Pesternomi

Escola: Todas

Custo: 1PM por 1d criaturas

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: "Pesky pixie, pester no me!" /ˈpɛskiˌpɪksi ˌpɛstɹ̩ˈnoʊmi/

Descrição: Aparentemente faz Diabretes da Cornualha fugirem ou ao menos desistirem de fazer travessuras. Teste de R-1 para negar o efeito.

Visto/Mencionado: Somente em Harry Potter e a Câmara Secreta, por Gilderoy Lockhart depois de liberar uma gaiola cheia de Diabretes da Cornualha na sala de aula.

Notas: Em Harry Potter e a Câmara Secreta (filme), quando Lockhart começou a pronunciar o feitiço, um Diabrete da cornualha, pegou sua varinha e disse o mesmo encantamento, apontando para uma corda que estava segurando um esqueleto,o efeito do feitiço cortou a corda, soltando o esqueleto e fazendo-o cair.

Etimologia: "Pixie" é uma palavra inglesa que significa Fada ou duende, pester lembra à peste, chatear e no me traduzido literalmente do inglês significa "não eu". O encantamento deve ser uma frase, provavelmente significa algo como "não me chateiem fadas travessas"

Piertotum Locomator

Escola:Elemental (Terra), Negra

Custo: 1 a 5 PM por criatura (veja adiante)

Alcance: longo; Duração: sustentável

Pronúncia:desconhecida

Descrição: Faz estatuas e armaduras se mexerem e criarem vida. O poder dessa criatura depende dos Pontos de Magia gastos. Por 4 PMs, você tem 4 pontos de personagem para distribuir entre as características da criatura (Força, Habilidade, Resistência, Armadura e Poder de Fogo). Não é permitido construir uma criatura com 0 pontos.

Visto/Mencionado: Somente em Harry Potter e as Relíquias da Morte, por Minerva.

Peso de Pena

Escola:Elemental (Terra, Ar)

Custo: 1 a 5 PM por objeto

Alcance: longo; Duração: Sustentável

Pronúncia:desconhecida

Descrição: Faz as coisas pesarem bem menos. Custo 1 PM para cada 10% de peso que se deseja diminuir. Máximo 50% do peso.

Visto/Mencionado: Harry pensa em usá-lo no terceiro livro para fazer sua bagagem ficar mais leve para que ele pudesse carregá-la na vassoura para o Caldeirão Furado. Antes de usá-lo, ele topa com o Nôitibus Andante.

Petrificus Totalus

Escola: Branca ou Negra, Elemental (Terra)

Custo: 5 PMs por criatura

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: pe-TRI-fi-co to-TA-les

Descrição: Transforma o alvo em pedra. O Alvo tem direito a um teste de Resistência para negar o efeito, Uma criatura transformada em pedra não está morta: ela pode ser revertida ao estado normal através de poções, pergaminhos ou as magias Cancelamento de Magia, Cura de Maldição ou Desejo. As “estátuas” de seres petrificados são quase indestrutíveis, e não podem ser danificadas. Esta magia afeta apenas criaturas vivas. Qualquer criatura com Resistência superior à Habilidade do Bruxo também é imune.


Visto/Mencionado: Usado pelo primeira vez em Harry Potter e a Pedra Filosofal por Hermione, para impedir Neville de bloquear o caminho dela, de Rony, e de Harry, que estavam saindo do salão comunal para caçar a Pedra Filosofal. Harry usou este feitiço em Antonio Dolohov duas vezes, no quinto ano . Draco Malfoy usou o mesmo encantamento em Harry Potter e o Enigma do Príncipe para petrificar Harry enquanto que estava escondido no vagão de Draco. Professor Dumbledore pode ter usado a forma não verbal deste feitiço em Harry no sexto ano para impedilo de interferir na conversa de Dumbledore com Draco Malfoy durante o ataque dos comensais da morte à Hogwarts.

Etimologia: Do Latim petra, "pedra" e fieri, "tornar-se"; totalus vem do Latim "totus", referindo a "completo".

Portus

Escola: Branca ou Negra, Elemental (Ar)

Custo: 5 PMs Por km da local de transporte.

Alcance: toque; Duração: sustentável

Pronúncia: POR-tus

Descriçao: Transforma um objeto numa chave de portal. Esta magia transporta todos que estejam tocando o objeto que serve de chave de portal instantaneamente para outro lugar escolhido na hora da criação do objeto. A magia não transporta cargas, exceto quando são carregadas por criaturas afetadas.

Uma vez transportadas, criaturas não podem agir até o turno seguinte. Esta magia não permite que você reapareça dentro de um corpo sólido: se o ponto de chegada escolhido não tem espaço livre, você ressurgirá na área vazia mais próxima que esteja dentro do alcance.

A chave de portal tem uma restrição só pode ser usada uma vez por dia, se alguém quiser viajar para a outra extremidade do portal casa este ja tenha sido usado deve gastar novamente a quantidade de PMs gastar para criar a chave de portal originalmente.

Visto/Mencionado: Por Alvo Dumbledore em Harry Potter e a Ordem da Fênix, para enviar Harry e os Weasley para o largo Grimmauld, sede da Ordem e para enviar Harry do Ministério da Magia a Hogwarts, mais necessariamente a seu escritório, no mesmo livro.

Porufus

Escola: Todas

Custo: 1 PM

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: Po-rU-fos

Descrição: Cria Poros no alvo.

Visto/Mencionado: Usado por Professor Dumbledore em Harry Potter e a Ordem da Fênix.

Prior Incantatem

Escola: Todas

Custo: 1 PM

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: PRI-or In-can-TAH-Têm

Descrição: Mostra o último feitiço usado pela varinha.

Visto/Mencionado: Por Amos Diggory em Harry Potter e o Cálice de Fogo para descobrir o ultimo feitiço usado pela varinha de Harry. Este feitiço também é o nome do capitulo 34, de Harry Potter e o Cálice de Fogo.

Etimologia: Do Latim prior, "anterior", e incantare, "falar um feitiço".

Notas: A natureza do "eco" depende do feitiço original. O eco de um feitiço conjurado,é o objeto conjurado. Por exemplo, o eco da maldição Cruciatus é o grito da vitima; o eco da maldição Avada Kedavra é a imagem da vitima morrendo.

Priori Incantatem

Escola: Todas

Custo: Especial

Alcance: longo; Duração: instantânea

Não é especificamente uma Feitiço, porque acontece sem a intenssão dos Bruxos em usa-los. A reversão dos feitiços, acontece quando as varinhas são irmãs, ou seja, tem o mesmo cerne. Uma das varinhas força a outra a regurgitar os feitiços que realizou, na ordem inversa.


Notas: Quando 2 varinhas compartilham um mesmo conteúdo são forçadamente unidas na batalha, um efeito poderoso do encantamento chamado Priori Incantatem . Este efeito é visto durante a batalha de Harry contra Lord Voldemort no final de Harry Potter e o Cálice de Fogo.

Protean

Escola:Elemental (Terra)

Custo: 2 PM

Alcance: longo; Duração:sustentável

Pronúncia: Possivelmente Pro-Tea-a

Descrição: Cria copias de um objeto.

Visto/Mencionado: Usado pela primeira vez em Harry Potter e a Ordem da Fênix por Hermione Granger para criar alguns Galeões falsos. No lugar do numero de série da moeda, o dia e a data do próximo encontro da Armada de Dumbledore. Neste caso, o feitiço foi usado para não atrair atenção para os encontros, e para fugir das suspeitas da Dolores Umbridge. Hermione falou para Harry Potter que ela baseou esta idéia no que Voldemort faz com as Marcas Negras dos Comensais da Morte que ficam ardendo, toda vez que Voldemort os convoca. Hermione brincou dizendo que era melhor em uma moeda do que na pele dos membros da Armada de Dumbledore. Também usado por Draco Malfoy em algumas moedas para contactar Madame Rosmerta em Harry Potter e o Enigma do Príncipe.

Etimologia: Provavelmente do Grego Proteus (Προτευς), um deus que muda de forma.

Notas: Os Galeões conjurados por Hermione, quando a data é alterada a moeda fica quente, alertando ao dono para olhar para o Galeão. Isto não é feito pelo feitico original.

Protego

Escola: Todas

Custo: 2 PMs

Alcance: pessoal; Duração: instantânea

Pronúncia: Pro-TEI-go

Descrição: Este feitiço faz com que os feitiços menores ricocheteiem em quem os usou.
Você pode gastar 2 PMs e duplicar sua Habilidade para calcular a Força de Defesa contra um único ataque/Feitiço/Magia feito à distância. Se conseguir deter o ataque completamente (sua FD é igual ou superior à FA do atacante), além de não sofrer nenhum efeito da magia, você devolve o feitiço ao conjurador.

Protego é considerada uma esquiva — ou seja, você só pode usar um número máximo de vezes por rodada igual à sua Habilidade.

Visto/Mencionado: Visto pela primeira vez em Harry Potter e o Cálice de Fogo quando Harry aprendeu este feitiço para se preparar para a terceira tarefa do Torneio Tribruxo. Harry também usou este feitiço em Harry Potter e a Ordem da Fênix contra o feitiço Legilimens usado por Snape, fazendo com que Harry "veja" a mente do Professor Snape(filme), no livro serve apenas para repelir o feitiço, uma vez que o professor Snape se livrava de seus pensamentos antes das aulas colocando-os na penseira. Usado em Harry Potter e o Enigma do Príncipe quando Harry reflete um feitiço conjurado por Snape.

Etimologia: Do Latim protego, "Eu protejo".

Notas: Em Harry Potter e a Ordem da Fênix, Lord Voldemort conjurou um escudo no meio do ar para defende-lo dos ataques de Professor Dumbledore. Este pode ter sido uma variação do Protego. A descrição original deste feitiço ,diz que ele defende apenas, pequenos feitiços. Mas, é mostrado nos livros que este feitiço também pode ser usado para refletir feitiços mais poderosos, dependendo da habilidade do feiticeiro.

Protego Maxima

Escola: Todas

Custo: Especial

Alcance: pessoal; Duração: sustentável

Pronúncia: pro-te-go ma-xi-ma

Descrição: Cria uma proteção duradoura no local enfeitiçado. Lançados em objetos ou locais 10 PMs por m², deve ser lançada de forma circular em volta do lugar e este fica como uma redoma protetora e todos dentro do local ficam invisíveis para quem estiver fora, quem estiver fora também tem uma estranha vontade para passar em volta e não pelo meio do circulo de proteção. Para resistir a essa vontade o bruxo deve passar em um teste de R.

Visto/Mencionado: Hermione o usou numa cabana onde o trio se esconderia.

Etimologia: Protego em latim quer dizer "eu protejo".

Protego Horribilis

Escola: Todas

Custo: 5 PMs

Alcance: longo; Duração: sustentável.

Pronuncia:pro-TEH-go hor-RÍ-bilis.

Descrição: Para se defender de feitiços mais poderosos. Como Protego Maxima mas para locais. Custo 5 PMs por m². deve ser lançada de forma circular em volta do lugar e este fica como uma redoma protetora e todos dentro do local ficam invisíveis para quem estiver fora, quem estiver fora também tem uma estranha vontade para passar em volta e não pelo meio do circulo de proteção. Para resistir a essa vontade o bruxo deve passar em um teste de R.

Visto/Mencionado: Usado pela professora Minerva McGonagall em Harry Potter e as Relíquias da Morte, no capítulo A Demissão de Severus Snape, é usado de alguma maneira para proteger o castelo.

Pullus

Escola: Branca ou Negra, Elemental (Terra, Água)

Custo: 5 PMs ou mais

Alcance: longo; Duração:sustêntável

Pronunciação: PÚ-lUs

Descrição: Transforma o adversário em algum animal feito metade da pontuação do alvo. O Custo depende do quão difícil é resitir a transformação.

5 PMs: teste de Resistência +3. Criaturas com R1 ou
mais são imunes.
10 PMs: teste de Resistência +2. Criaturas com R2 ou
mais são imunes.
15 PMs: teste de Resistência +1. Criaturas com R3 ou
mais são imunes.

20 PMs: teste de Resistência. Criaturas com R4 ou
mais são imunes.
25 PMs: teste de Resistência –1. Criaturas com R5 ou
mais são imunes.
30 PMs: teste de Resistência –2. Criaturas com R6 ou
mais são imunes.
40 PMs: teste de Resistência –3. Criaturas com R7 ou
mais são imunes


Visto/Mencionado: Visto em Harry Potter e o Cálice de Fogo (jogo)

Pericullum

Escola: Elemental (Fogo)

Custo: 1 PM

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronunciação: Pe-RI-culum

Descrição: Lança centelhas vermelhas para o céus.

Visto/Mencionado: Visto em Harry Potter e o Cálice de Fogo

Q

Quenteralopus

Escola:Elemental (Ar, Fogo)

Custo: 1 PM

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronunciação: Quen-TER-ralopus

Descrição: Faz a varinha soltar um ar quente.

Visto/Mensionado: Usado por Hermione Granger em Harry Potter e o Enigma do Principe para secar o seu roupão. Usado também para derreter neve.

Notas: Harry Potter e o Enigma do Príncipe sugere que o feitiço pode ser usado não-verbalmente, e só necessita de um complicado movimento com a varinha para ser aplicado corretamente.


Quietus/Sonorus

Escola:Elemental (Ar)

Custo: 0 PMs

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: Quee-AY-tuss

Descrição: Faz a voz, cujo volume foi aumentado magicamente, voltar ao normal. É o contrário do Sonorus.

Visto/Mencionado: Usado em Harry Potter e o Cálice de Fogo por Ludo Bagman.

Etimologia: Do latim quietus, “calma” ou “quieto”.


R

Reducto

Escola: Negra, Elemental (Ar)

Custo: 5 PM ou mais

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronùncia: Re-DUCK-toe

Descrição: Desintegra ou destrói objetos que estiverem no caminho do lançador. É deduzido de livros que essa maldição é ocasionalmente invisível e silenciosa, embora foi usada verbalmente em Harry Potter e o Enigma do Príncipe. Esta temível magia tem o objetivo de destruir por completo
um objeto ou criatura, reduzindo-a a nada. Apenas um
Desejo poderia recuperar qualquer coisa desintegrada com
esta magia.
Reducto pode afetar qualquer objeto material, cujo peso depende do gasto em energia: cada 5 PMs permitem Desintegrar objetos ou criaturas que alguém poderia erguer com Força 1 (por exemplo, 15 PMs para Força 3, até 2000kg). O bruxo só pode tentar Desintegrar um objeto de cada vez.

Contra criaturas (vivas ou não) elas têm direito a um teste de Resistência para negar o efeito. Qualquer criatura com Resistência superior à Habilidade do mago é imune. Uma criatura Desintegrada não pode ser ressuscitada (exceto através de um Desejo).
Objetos mágicos — ou que estejam sob efeito de qualquer magia — também podem ser Desintegrados, mas têm direito a um teste de Resistência como se tivessem R5.
Certos artefatos e outros objetos mágicos muito poderosos não podem ser Desintegrados.
Reducto funciona apenas com criaturas e objetos feitos de matéria: não pode afetar fogo, eletricidade, magia e outras formas de energia (mas você ainda poderia Desintegrar aquilo que abastece essa energia, como o combustível que alimenta o fogo). Um zumbi ou esqueleto pode ser Desintegrado, porque tem um corpo físico — mas não um fantasma, espírito ou sombra.

Visto/Mencionado: Em Harry Potter e o Cálice de Fogo, Harry usa isso em uma das sebes do labirinto do torneio tribruxo, e acaba queimando um pequeno buraco nela; em Harry Potter e a Ordem da Fênix, ; depois membros da Armada de Dumbledore usa isso para destruir objetos no Departamento de Mistérios. Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe foi usada em uma tentativa de destruir um obstáculo invisível navegável somente por Comensais da Morte, embora a tentativa tenha falhado.

Etimologia: Em inglês reduzir, "destruir".

Notas: É possível incrementar o poder do feitiço, produzindo diferentes níveis de destruição. Isso é deduzido dos livros, porém (em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, Harry acidentalmente exagera seu Feitiço de Animação em Rony, fazendo ele cair na gargalhada). É assumido que essa maldição consegue acabar com todos os feitiços , desta forma fazendo a maldição reducto uma arma muito letal se usada inadequavelmente. No filme Harry Potter e a Ordem da Fênix Gina Weasley usa esse feitiço para enfrentar os Comensais da Morte na Sala da Profecia causando um grande estrago.

Relaxo

Escola: Todas

Custo: 1 PM

Alcance: pessoal; Duração: instantânea

Pronúncia: Re-LASH-oh

Descrição: Este feitiço é usado para defender contra ataques secundários, ou contra-atacar os oponentes da pessoa.


Você pode gastar 1 PMs e duplicar sua Habilidade para calcular a Força de Defesa contra um único ataque/Feitiço/Magia à distância. Se conseguir deter o ataque completamente (sua FD é igual ou superior à FA do atacante), o ataque/Feitiço/Magia reflete em você.


Relaxo é considerada uma esquiva — ou seja, você só pode usar um número máximo de vezes por rodada igual à sua Habilidade.


Visto/Mencionado: Usado por Harry Potter contra Grindylows na segunda tarefa do Torneio Tribruxo. Sobre chão lançou faíscas da varinha de Harry; debaixo de água lançou água fervente da varinha. Quando usado com mais habilidade pelo Auror Bob Ogden em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, lançou Servolo Gaunt para trás depois de um atentado.

Etimologia: Provavelmente de latim re de prefixo -, " atrás " ou " em retorno ", e inglês chicoteie, " greve ".

Notas: Este feitiço também pode forçar uma pessoa a deixar fisicamente vá de alguém: em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Harry confronta Mundungus Fletcher pelo o seu roubo na propriedade de Sirus Black. Harry começa a estrangular Fletcher quando de repente as mãos dele são lançadas para fora do garganta de Mundungus . O mesmo acontece quando Servolo Gaunt esteve estrangulando sua filha Merope onde Odgen intervém.

Remover Ossos

Escola: -

Custo: 0

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: Desconhecida

Descrição: Usado para remover ossos. Na verdade um efeito colateral de uma magia de cura executada errada)

Visto/Mencionado:Lockhart usou acidentalmente em Harry que ficou sem ossos no seu braço.

Reparo

Escola:Elemental (Terra)

Custo: 1PM

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronunciation: (Nome do objeto a ser reparado)-Re-PAR-um

Descrição: Usado para reparar objetos.

Visto/Mencionado: Inumeráveis tempos do começo até ao fim dos livros. Primeiro visto em Harry Potter e a Pedra Filosofal, utilizado pela Hermione Granger, ela usou para emendar o óculos de Harry. No filme Hermione utilizou o feitiço Oculus Reparo, possivelmente uma variação concebida para óculos.

Repello Trouxatum

Escola: Branca, Negra, Elemental (Espírito)

Custo: 1 PM ou mais

Alcance: longo; Duração:sustêntável

Pronúncia: re-PEH-lo TROU-xa-tun

Descrição: Usado para afastar os trouxas do local/objeto enfeitiçado.

Visto/Mencionado: Usado por Hermione numa barraca em Harry Potter e as Relíquias da Morte.
Etimologia: Repello vem do latim que quer dizer "repelir"

Rictusempra

Escola: Todas

Custo: 1 PM

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronunciação: RIK-too-SEM-pra

Descrição: No filme funciona como um grande soco na barriga, mas o certo é fazer uma pessoa morrer a rir de cócegas perdendo a Habilidade de FD durante o turno de combate. Teste de Resitência para negar o efeito.


Visto/Mencionado: Em Harry Potter e a Câmara Secreta(jogo), EM Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban(jogo), Em harry Potter e a Ordem Da fênix(jogo), Em Harry Potter e o Enigma do Principe(Jogo), Harry Potter usa em Draco Malfoy em Harry Potter e a Câmara Secreta(Filme), no clube de duelos.

Etymologia: Rictu = riso sempra = sempre

Riddikulus

Escola: Branca Elemental (Terra, Água)

Custo: 2 PMs por criatura

Alcance: longo; Duração: instantânea

Ponuncia: Ri-DIK-uh-lous

Descrição: Usado para transformar o Bicho-Papão em algo menos aterrozinzante ou algo engraçado que o Bruxo esteja pensando. O Monstro tem direito a um teste de R para negar o efeito.


Etimologia: Palavra latina para "ridículo", "tolo", "absurdo".

Nota: O efeito do feitiço parece depender inicialmente do estado mental do bruxo. Não necessariamente muda a forma do bicho-papão em algo engraçado, mas em qualquer coisa que o bruxo estiver se concentrando no momento.

Notas(2): Também usado por Gina Wesley contra garotos que queiram a incomodar em Harry Potter e o Enigma do Príncipe

S
Sectumsempra

Escola: Negra

Custo: 3 PMs por criatura

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronunciação: SEK-tum-SEM-prah

Descrição: Um feitiço que faz com que a vítima pareça que foi esfaqueada, sangrando muito, e causando muita dor, perdendo a Habilidade de Fd durante o próximo turno. O Alvo tem direito a um teste de Resistência para negar o efeito.


Visto/mencionado: Por Severo Snape contra James Potter, por Harry Potter contra Draco Malfoy e então contra o Inferi, e em Harry Potter e as Relíquias da Morte, em que Severo Snape usa sem querer sobre George Weasley, que o faz perder a orelha.

Etimologia: Latim sectum, "cortar", e semper, "sempre"..

Notas: O feitiço pode ser usado em qualquer coisa, mas não afeta coisas que não sente dor, como um Inferi.

Notas (2): O feitiço foi criado por Severo Snape, apelidado "Príncipe Mestiço".

Serpensortia

Escola:Negra, Elemental (Terra)

Custo: 2 PMs

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronunciação: SER-pen-SAR-tee-ah

Descrição: uma cobraSurge uma cobra da ponta da varinha de quem conjurou o feitiço, venenosa, totalmente sob o controle do Bruxo. A cobra tem F0, H3, R1, A0, PdF0; se acertar um ataque ela não causa dano imediato, mas a vítima deve ter sucesso em um teste de Resistência ou será envenenada.
Uma vítima envenenada sofre uma penalidade de –1 em todas as suas características e começa a perder 1 PV por turno até a morte, ou até ser curada. O veneno pode ser detido com um teste bem-sucedido de Medicina (Habilidade +1) ou qualquer magia de cura (mas usada deste modo a magia não restaura PVs; apenas impede que o veneno continue agindo).

Visto/Mencionado: Por Draco Malfoy enquanto lutava com Harry em Harry Potter e a Câmara Secreta.

Etimologia: Latim "serpens", "serpente", e do francês "sortir", é sair de algo.

Nota: Harry descobre que é ofiodioglota, ou seja, tem o poder de falar com as cobras. Todos acham estranho Harry ter esse dom pois Salazar Slytherin também era ofidioglota.

Silencio

Escola: Branca, Elemental (Ar)

Custo: 2 a 10 PMs

Alcance: longo; Duração:sustêntável

Pronúncia: Si-LEN-si-oh

Descrição: Faz o alvo ficar em silêncio. Esta magia pode ser lançada contra um local ou uma criatura, mas não em objetos. Em um local, vai afetar um volume esférico com até 3m de raio para cada 2 PMs gastos (até 15m por 10 PMs). Dentro desta área será impossível ouvir ou produzir qualquer som. Não se pode realizar magias dentro desta área, mas personagens que estejam fora da área podem lançar magias lá dentro.

Lançada contra uma criatura, a magia vai impedir que ela consiga ouvir ou dizer qualquer coisa, assim como produzir qualquer som. Um ladrão se tornaria totalmente silencioso e sorrateiro (podendo, dependendo da situação, receber bônus quando usa as perícias Crime ou Investigação), mas um Bruxo ficaria impossibilitado de invocar magias!
Caso uma criatura receba esta magia contra a sua vontade, pode tentar resistir com um teste de Resistência +1.

Visto/Mencionado: Usado pela primeira vez por Dumbledore em Harry Potter e a Pedra Filosofal quando o salão principal se enche de barulho porque o trasgo se soltou. Visto na aula de feitiços de Harry Potter e a Ordem da Fênix.

Etimologia: Provavelmente do Latim silentium, "silêncio".
Nota: Pode ser quebrado sem usar magia como em Harry Potter e as Reliquias da Morte

Skurge

Escola: Todas

Custo: 1 PM por m²

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: SKUR-ge

Descrição: Usado para limpar algo.

Etimologia: Incerta. Talvez relacionada ao inglês "scour", "limpar".

Snnuflifors

Escola: Branca, Elemental (Terra)

Custo: 1 PM por criatura

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: Desconhecida

Descrição: Transforma objetos em animais inofensivos.

Visto/Mencionado: Usado por Hermione na versão para PlayStation 2 do jogo Harry Potter and the Prisoner of Azkaban.

Sonorus

Escola:Elemental (Ar)

Custo: 1 PM por cada 100m de alcance

Alcance: pessoal; Duração:sustentável

Pronunciação: So-NORE-us

Descrição: Aumenta magicamente o volume da voz. Como se o usuário estivesse falando em uma Alto falante.


Visto/Mencionado: Por Ludo Bagman em Harry Potter e o Cálice de Fogo para comentar em eventos sem precisar de um microfone. Também usado por Dumbledore para silenciar todo mundo no grande hall em Harry Potter e o Cálice de Fogo.

Etimologia: Latin sonorus, "loud;noisy".

Notas: a contra-magia é Quietus.

Specialis Revelio

Escola: Todas

Custo: 1 PM

Alcance: longo; Duração:sustêntável

Pronunciação: Spess-ee-AH-lis Re-VELL-ee-oh

Descrição: Usado para revelar se o objeto é verdadeiro.

Visto/Mencionado: Usado por Hermione Granger para descobrir mais sobre o livro de poções de Harry Potter em Harry Potter e o Enigma do Príncipe. Usado por Ernesto McMillan para descobrir os ingredientes de uma poção.

Etimologia: Latim specialis, "particular;individual" e revelare (presente de revelo), "revelar".

Nota: No Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, Snape utiliza um feitiço similar, mas com palavras diferentes ("Revele seus segredos") no Mapa do Maroto, embora possa somente ter dito aquelas palavras enquanto, secretamente, usava algum feitiço não-verbal.
Nota (2): O feitiço também distingue diferentes ingredientes de uma poção .

Substituição

Escola: Branca, Negra, Elemental (Ar)

Custo: 2 PMs por criatura ou 50 Kg de carga

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronunciação: Desconhecida

Descrição: Feitiço que substitui uma coisa por outra.


T

Tarantallegra

Escola: Todas

Custo: 1PM por criatura.

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: Ta-RAN-ta-LEG-rah
Descrição: Faz o oponente dançar sem parar, o alvo perde a Habilidada na FD no próximo turno, teste de R para negar o efeito.
Visto/Mencionado: Por Draco Malfoy no Clube de Duelos em Harry Potter e a Câmara Secreta. Um Comensal da Morte também usou este feitiço em Neville Longbottom em Harry Potter e a Ordem da Fênix.
Etimologia: Do Italiano tarantella, um tipo de dança country popular na Italia; e allegro, um termo musical que significa "veloz".

Tortura Transmogrifiana

Escola: Veja descrição

Custo: Veja descrição

Alcance: longo; Duração: instantânea


Pronunciação: Desconhecida

Descrição: Feitiço que Lockhart pensou que Madame No-r-r-a tinha sido atingida quando todos viram ela dura feito pedra na pichação. (ComoPetrificus Totalus)


Targeo

Escola: Todas

Custo: 1PM por objeto ou m²

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: TAR-jee-oh

Descrição: Limpa algum objeto ou superfície.

Visto/Mencionado: Hermione Granger usou este feitiço em Harry Potter e o Enigma do Príncipe para remover sangue do rosto de Harry Potter. Rony Weasley usou este feitiço em Harry Potter e as Relíquias da Morte para limpar um lenço.

Etimologia: Do Latim tergere, "limpar".

Transfiguração

Escola:Veja Descrição

Custo:Veja descrição

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: Desconhecida

Descrição: Transforma objetos vivos ou não-vivos em outra coisa; aprendido no sexto ano de Transfiguração, de acordo com Hermione Granger. ( Como Pullus só que aplicado a objetos)


Visto/Mencionado: Usado pela primeira vez pelo Professor olho-tonto Moody em Harry Potter e o Cálice de Fogo para punir Draco Malfoy transfigurando-o em uma doninha branca.

Travalíngua

Escola: Todas

Custo: 2 PM por criatura

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: Desconhecida

Descrição: Cola a língua do oponente em seu céu da boca. Criado pelo Príncipe Mestiço. O Alvo do feitiço fica impossibilitado de falar e portanto de usar feitiços verbais. Teste de Resistência para negar o efeito.


Visto/Mencionado: Usado por Harry em Pirraça, em 'Harry Potter e o Enigma do Príncipe e também em Argus Filch.


Trip

Escola: Todas

Custo: 2 PM por criatura

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: Desconhecida

Descrição: Faz o alvo tropeçar" e perde a Habilidade na FD durante o turno. Teste de R para negar o efeito.

Visto/Mencionado: Malfoy usou isto em Harry para fazê-lo tropeçar em Harry Potter e a Ordem da Fênix.

Troca

Escola: Veja adiante

Custo: Veja adiante

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronunciação: Desconhecida

Descrição: Troca alguma coisa por outra.(Como o Feitiço de Substituição).


U

Uediuósi

Escola: Todas

Custo: 1 PM por objeto

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: WAD-ee-WAH-zee

Descrição: O Uediuósi (Waddiwasi, no original) arremessa descontroladamente e em grande velocidade pequenos objetos.

Visto/Mencionado: Remo Lupin usou o feitiço em Pirraça quando eles estavam indo para uma sala de aula para aprender como repelir um Bicho-Papão em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, quando um chiclete tapava a fechadura, Lupin usa o feitiço arremessando o chiclete de dentro da fechadura.
Etimologia: Do latim vade, "ir, andar", e possivelmente vasa, "instrumentos, embarcações"; mas esta parte é obscura. (A letra "V" em Latim é também escrita como "U", e (em inglês) pronunciada como "W".) Poderia vir também do Sueco "vadd", que significa massa macia (no caso, um chiclete), e do Francês "vas y", vai lá, isso faz sentido pois Lupin não somente fez o chicle voar pela fechadura, mas o dirigiu até Pirraça, mais precisamente, ao nariz dele. A palavra também poderia ser baseada apenas no Inglês "wad", verbo encher, como em " wad of gum (encher de chiclete)".

V



Velocidade

Escola:Branca, Negra, Elemental (Ar)

Custo: 3 PMs

Alcance: longo; Duração:sustêntável

Pronunciação: Desconhecida

Descrição: Feitiço que poderia estar na Firebolt de Harry (quando suspeitaram que alguém a enfeitiçou). Concede um movimento extra por turno e +1 na H para fugas e perseguições.

Vera Verto

Escola: Todas

Custo: 1 PM por criatura

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: VE-ra VER-to

Descrição: Transforma pequenos animais em objetos.

Visto/Mencionado: Em Harry Potter e a Câmara Secreta, é utilizado por Minerva McGonagall durante sua aula de Trasfiguração onde a história da Câmara Secreta é explicada.

Nota: É, erroneamente, pronunciado por muitos como Fera Verto, embora sua grafia correta seja Vera Verto.

Vipera Evanesca

Escola: Todas

Custo: Veja na descrição

Alcance: longo; Duração: instantânea

Pronúncia: vi-PE-ra e-va-NES-ca

Descrição: Destrói uma Criaturas feita por feitiço. O custo em PMs para destruir uma criatura feita por feitiço é igual ao dobro do custo original para lançá-la. Claro que, na maioria dos casos, um bruxo não tem condições de saber o custo exato do autor do feitiço; é uma questão de arriscar. Mesmo que o Cancelamento falhe, o mago que tentou fazê-lo perderá seus PMs.

Visto/Mencionado: Em Harry Potter e a Câmara Secreta, por Snape para destruir a cobra criada por Malfoy que foi lançada contra Harry no Clube de Duelos.

Nota:Possivelmente uma versão do Feitiço Evanesco

W

Wingardium Leviosa

Escola: Todas

Custo: Custo: 2 a 10 PMs

Alcance: longo; Duração: sustentável

Pronúncia: win-GUARD-ee-um Le-vee-OH-sah

Descrição: Faz objectos levitarem, permitindo que as criaturas ou objetos transportados se afastem do chão e atinjam grandes alturas. Tem a mesma velocidade, mas o peso que você pode transportar com Vôo é menor: apenas a si mesmo ou até 50kg com 2 PMs, dobrando peso ou velocidade para cada 2 PMs extras.

Visto/Mencionado: Visto pela primeira vez em Harry Potter e a Pedra Filosofal, quando os alunos do primeiro ano o praticam na aula do Professor Flitwick para levitar uma pena. Mais à frente no mesmo livro, Ronald Weasley executa o feitiço no Trasgo no banheiro das meninas. Em Harry Potter e a Câmara Secreta é usado para levitar os bolos para adormecer. Harry Potter também usa este feitiço em Harry Potter e a Ordem da Fénix para tirar as cabeças do seu caminho enquanto persegue Belatriz Lestrange pelo Ministério da Magia.
Etimologia: "Wingardium" contém certamente a palavra inglesa wing (asa), possivelmente também o Latin arduus (imergir ou extrair); ou talvez o segundo elemento é simplesmente uma imitação/simulação de Latim. "Leviosa" é muito provavelmente originário do Latim levis (luz), mas contém "levi", um prefixo que significa elevar.

Notas: Dobby, o elfo doméstico, executa este feitiço ou um semelhante não-verbal em Harry Potter e a Câmara Secreta, enquanto levita um pudim pela cozinha dos Dursley.

Notas(2): Harry Poter, Rony Weasley e Hermione Granger usam esse fetiço para levitas bolinhos no caminho de Crabby recheados com poções para adormece-los enquanto usavam a poção Polisuco para espionar Draco Malfoy.


Bom pessoal aí esta a lista de feitiços de Harry Poter
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_feiti%C3%A7os_em_Harry_Potter

Daqui a algum tempo irei postar mais algum material sobre o universo de Harry Potter, para tentar deixar essa adaptação um pouco mais completa, mas minha falta de tempo para dedicar ao blog não me permite uma frequência muito grande nessa continuação da adaptação e de outras que estão atrasadas, vou ir fazendo na medida do possível.

Abraço a Todos.

Outros Artigos Sobre Harry Potter


Iniciativa 3D&T - 10 - Harry Poter
Todas As Magias e Bruxarias de Harry Potter - Parte 1
Todas As Magias E Bruxarias deHarry Potter - Parte 2
Todas As Poções de Harry Potter
As Varinhas Mágicas de Harry Potter
O Conto Sobre As Relíquias da Morte
As Matérias de Hogwarts
Iniciativa 3D&T - 16 - Elfos Domésticos

4 comentários:

  1. Parabéns, demorou um pouco mais ficou fera!

    ResponderExcluir
  2. É demorou um pouquinho pra sair, agora ta completa a perte das magias falta só o resto do cenário.


    Abraço!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Cara muito bom. Procurei por muito tempo por uma adaptação boa. Obrigado, irei usá-la em mesa com algumas adaptaçõesinhas. Irei seguir fielmente o blog, e estou esperando o manual completo de Harry Potter.

    Abraço,
    Camilo Cunha.

    ResponderExcluir
  4. Maravilhoso, até agora nunca vi uma adaptação tão completa. Parabéns.

    ResponderExcluir

Qual a sua opinião? De um Plus nessa postagem!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...